De Noiva para Noivos

Estou com medo de casar, e agora?

O pedido foi realizado e foi uma explosão de sentimentos. Compraram-se as alianças, fonecedores fechados, o vestido ajustado… Mas ai bate aquela dúvida: será mesmo que eu quero me casar?

Não, você não é a única a ter esse sentimento. E ele é mais comum do que se imagina. O medo de enfrentar o desconhecido e o peso das responsabilidade intimidam muitas pessoas. Seria mais fácil enfrentar tudo se tivessemos a certeza que dará certo, mas isso é impossivel não é?

Em muitos casos o medo está associado a experiências negativas sobre casamento ao longo da vida (pais, tios e avós), a perda da sensação de liberdade ou o próprio fato de se encarar adulto e ter compromissos.

Há momentos na vida em que precisamos assumir compromissos mais sérios, sejam profissionais ou pessoais. Levantar questionamentos se estamos fazendo a melhor escolha ou se este é o momento certo é normal.  Afinal de contas, agora você deixa o posto de filha (o) para assumir o de… esposa (o).

Mas esse sentimento, de fato, não é de todo ruim pois leva a reflexão e não nos deixa de tomar decisões imprudentes. Sair da zona de conforto nunca é algo fácil, mas além do status de relacionamento o que muda é o endereço. Lembre-se: você conheceu, se encantou, apaixonou e pensou em construir uma historia ao lado dessa pessoa. Se foi tudo bem estabelecido, se há respeito e amor, porque não fazê-lo? É a ordem natural da vida: crescer e evoluir. Perca seus medos e siga em frente.

Ah! Mas vale aquela frase: “ninguem muda, só muda quando quer”, pois é. Se sua insegurança está presente pois seu parceiro não te oferece segurança, ai chegou a hora de pensar se vale a pena dar mesmo este passo. Ninguem (ou quase ninguem) casa enganado: no fundo no fundo, lá no fundo, a gente conhece aquela pessoa e sabe do que ela é capaz. E não tenha a intenção de modificar as atitudes de alguem, pois quando não ocorre como planejado o sentimento de frustração e desanimo são os primeiros a aparecer. As pessoas só mudam se de fato elas quiserem.

O amor exige disposição e coragem para romper suas próprias limitações. Então se vale a pena, arrisque-se.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *